domingo, 20 de março de 2011

A História de Anna & Kurt - Post 20 (SIGA A ORDEM DOS POSTS)

Anna
Adam combinou de tocarmos a música Afraid To Shoot Strangers, a minha preferida do Iron Maiden. Claro que todo mundo concordou, afinal a música era completamente legal. Ensaiamos um pouco e no dia do show, depois de umas cinco músicas nossas, eu anunciei que iríamos tocar o cover.
Assim que Tommy começou a cantar, escutamos uma voz muito familiar vinda de trás do palco. Viramos para olhar, e quando olhamos, lá estavam Bruce Dickinson, Steve Harris, Dave Murray e todo o pessoal do Iron. Eles entraram no palco e tocamos a música todos juntos. Foi emocionante, era uma das bandas mais legais para nós.
Depois que terminamos ATSS, pedimos para eles nos acompanharem numa música nossa. A escolhida foi Drugs In Concert, e eles, sempre legais, concordaram. Depois eles se despediram e continuamos o show, muito felizes.
Acabamos os shows na França e partimos para a Itália. Estava quase de seis meses de gravidez, Regan tinha quase oito meses e Rose tinha acabado de fazer um ano e 10 meses. Fizemos os shows na Itália, e, durante nossa estada lá, encontramos com os Astones, banda do Butch. Ficamos super felizes de revê-lo. Estava com a idade do Kurt, iria fazer 24 anos em pouco tempo também. Já fazia quase cinco anos que não nos víamos. Ele estava acompanhado da mulher dele, Kate, que era descendente de indianos.
-E aí, Anna, essas são suas filhas?
-São.
-Caramba, Kurt, você aprontou muito desde que eu saí. Riu-se.
-E você, tem filhos também? Perguntei.
-Ainda não, mas estamos pensando em ter. E pra quando é esse? Perguntou, referindo-se à minha barriga de grávida.
-Pra daqui a três meses.
-E o que é?
-Não sabemos ainda.
-Deve ser outra menina, vai embelezar a casa mais ainda. Riu Kurt.
-Hm, eu não sei não, acho que dessa vez pode ser um menino. Palpitou Kate.
Ninguém concordou com ela. Fiquei neutra, até porque eu não tinha certeza. Mas qualquer que fosse o sexo iria ser bem recebido.
Depois de mais três meses, o bebê nasceu. E ficamos realmente surpresos. Era o que esperávamos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário